Como engajar as comunidades de língua portuguesa nos processos globais da Estratégia do Movimento Wikimedia?

Oi pessoal! :star_struck:

Gostaria de dar as boas-vindas a todas as pessoas das comunidades de língua portuguesa a este novo FÓRUM sobre a Estratégia do Movimento Wikimedia!
:brazil: :portugal: :angola: :cape_verde: :mozambique: :sao_tome_principe: :guinea_bissau: +

O que acham de usarmos esta pergunta Como engajar as comunidades de língua portuguesa nos processos globais da Estratégia do Movimento Wikimedia? para começarmos uma conversa sobre a Estratégia do Movimento nos países de língua portuguesa? (global > local).

Para contextualizar, vou citar a pesquisa liderada pelo @LPiantá_WMB, em colaboração com o WMB, na qual um dos resultados revelou haver desinformação na comunidade sobre a Estratégia do Movimento. Os resultados podem ser vistos aqui.

Se você não sabe bem o que é a Estratégia do Movimento e quer saber mais, comente por aqui e assim vamos aprendendo coletivamente (ou me chame por mensagem direta se preferir!).

Espero que achem esta plataforma útil! Até dia 24 de julho estamos numa fase de revisão da plataforma pelas comunidades ao redor do mundo, portanto, se quiserem, podem deixar sua opinião e comentários para podermos aperfeiçoá-la aqui. Esta iniciativa surge justamente para tentar diminuir as lacunas de acesso à informação e engajamento ao redor das questões da Estratégia do nosso Movimento.

9 Likes

Oie!

@TCappelletto_WMF, acho maravilhosa a proposta desta plataforma! :face_with_head_bandage:
Vou opinar lá!

Sobre sua pergunta, penso que facilitar espaços amigáveis de discussão (como este) seja o caminho! Mas também a contínua tradução das informações e página importantes do movimento; não somente na própria Meta Wiki, mas também por meio de livretos, imagens explicativas e recursos audiovisuais que possam circular em outras redes sociais.

Outro ponto é como esta tradução tem de ser cultural, não somente linguística, porque as informações da Wikimedia vem pré-formatadas nesse mindset (risos) anglófono que, muitas vezes, tem pouco lastro nos diversos contextos culturais da lusofonia.

Vamos conversando!

Há-braços!

6 Likes

Oi @Andi_Inácio, bem-vinda! Ainda bem que você desbloqueou esta conversa :unlock: :joy:

Que bom ler seus comentários e críticas construtivas. Lendo aqui fiquei tentando relacionar seus pontos com as recomendações estratégicas e acho que eles se encaixam com o que está previsto na recomendação “Aumentar a sustentabilidade do nosso movimento”. Ou talvez também “Melhorar a experiência das pessoas contribuidoras”?

É um grande exercício tentar traduzir a realidade das nossas comunidades locais usando a linguagem global da estratégia do nosso movimento Wikimedia. Gostei de ter feito o exercício ao te ler. Obrigada e seguimos!

3 Likes

Oi @TCappelletto_WMF, muito obrigado por citar a pesquisa! Cheguei agora na plataforma, então estou me familiarizando com as ferramentas, mas espero que tenhamos boas discussões e que ótimas ideias saiam daqui.

Aproveito para divulgar um novo projeto que estamos implementando, voltado à capacitação e formação de lideranças brasileiras no contexto da Estratégia do Movimento. Queremos realizar um processo formativo para que a comunidade brasileira do movimento Wikimedia tenha todas as condições necessárias para engajar em seus próprios projetos de implementação da Estratégia de forma independente e sustentável.

Aliás, a ideia de implementar este projeto vem exatamente da pesquisa que você citou, porque identificamos que temos um grande potencial de mobilização e queremos colocá-lo em prática para aquecer o processo estratégico na lusofonia. E para isso precisamos facilitar o engajamento de novas pessoas nas discussões e iniciativas da Estratégia. Nossa primeira parada é a WikiCon Brasil!

5 Likes

Andi adorei também que você tenha tocado nesse assunto, porque nesse caminho de pontes entre a nossa comunidade e a Fundação, um dos principais pontos que gosto de tocar é que a mera tradução dos conteúdos não resolve.

Consumimos conteúdos de maneira mais diferente do que pode parecer e como você bem disse, é uma questão cultural. Até penso como em um único grupo lusófono temos diferentes culturas, atravessadas por outros recortes, que criam a necessidade de diversas linguagens (e não só línguas) para esse conteúdo ser acessível a todes.

Também acho que esse fórum é um passo nessa direção, de propor um formato diferente daqueles que estamos acostumados (eu ainda sinto que nunca vou me acostumar completamente!) como o Media Wiki ou o Meta. Quem sabe a gente possa criar um espaço para debate e troca de informação mais humano e menos institucional aqui.

4 Likes

Viram que já saiu o programa da WikiCon Brasil 2022, organizada pelo afiliado WMB? :star_struck:

Acho que de repente poderíamos abrir um novo tópico dedicado ao evento. O que acham? Um espaço de troca e colaboração, acessível e em português, dirigido a pessoas vão participar do evento, que poderia começar a funcionar já, para irmos nos familiarizando, e seguir durante e depois do encerramento, de acordo com os interesses de cada pessoa.

2 Likes

Viram este financiamento específico para promover o engajamento das diversas comunidades na Estratégia do Movimento Wikimedia?

Este apoio econômico é destinado a pessoas que queiram se envolver mais neste processo estratégico, sobretudo realizando atividades para fomentar que mais pessoas da sua comunidade também o façam - especialmente através do desenvolvimento de projetos vinculados a pedidos de financiamento para a implementação da estratégia.

A implementação da estratégia e a construção do futuro do movimento Wikimedia é nosso desafio coletivo.

Qualquer dúvida estou sempre por aqui para apoiar quem precisar.

Campanha temática no mês da Consciência Negra, celebrado em novembro no Brasil, que visa fomentar a contribuição aos projetos Wikimedia, colaborando assim para diminuir lacunas de conhecimento. Para participar entre em contato com a galera do Mais Teoria de História na Wiki. A @Danielly_Campos_Dias é uma das organizadoras. :clap:

Os resultados desta pesquisa conduzida pela Fundação Wikimedia podem interessar a Wikimedistas do Brasil. Vejam mais no Diff:

Gente, nos vemos no próximo sábado 12 de novembro? Vamos esclarecer qualquer dúvida sobre a Carta do Movimento antes de iniciarmos as reuniões de revisão do texto. Teremos o prazer de contar com a membra do Comitê de Redação da Carta do Movimento @EAzzellini_WMB!
A chamada será conduzida em inglês, com interpretação em português e espanhol. Anotem na agenda! (é só seguir o link abaixo para receber um aviso). Abraços e até já.

Oi gente, eu de novo com um tema importante, ligado à governança e tomadas de decisão no movimento Wikimedia:

O Comitê de Redação da Carta do Movimento (MCDC, em inglês) quer ouvir a comunidade sobre as três primeiras seções da Carta do Movimento Wikimedia, recentemente publicadas: Preâmbulo, Valores e Princípios, e Papéis e Responsabilidades (declaração de propósito).

Como participar e comentar?

O Comitê de Redação da Carta do Movimento gostaria de receber comentários em diversas línguas e provenientes de diferentes comunidades e afiliados de todo o movimento Wikimedia. Até o dia 18 de dezembro de 2022 você pode participar das seguintes formas:

A conversa da consulta comunitária dirigida à América Latina e Caribe, no dia 07 de dezembro de 2022, será no Zoom e facilitada em inglês, com interpretação em português e espanhol. As pessoas participantes poderão se comunicar livremente em uma dessas três línguas. As conversas não serão gravadas, exceto o momento de compartilhamento do grupo geral, que acontecerá após as discussões realizadas nas diferentes salas de apoio (subgrupos). Serão tomadas notas para produzir-se um relatório resumido posteriormente.

Se você quiser saber mais sobre a Carta do Movimento, seus objetivos, por que é importante e como afeta sua comunidade, por favor, assista a gravação dos encontros “Pergunte Qualquer Coisa sobre a Carta do Movimento” que aconteceram no início de novembro de 2022.

Agradecemos sua participação!

Em nome do Comitê de Redação da Carta do Movimento